O lucro da Kroton esse ano deve bater recorde

O lucro da Kroton esse ano deve bater recorde

1 December, 2017

Resultado de imagem para O lucro da Kroton esse ano deve bater recorde

A empresa está otimista de que esse ano o seu lucro possa bater recorde, e para o ano que vem, a expectativa é de que haja um aumento no número de alunos, através da implantação de novos polos de ensino não presencial, e também de novos polos presenciais.

Carlos Lazar, diretor de Relações com Investidores da Kroton, disse que esse ano os lucros obtidos até o mês de setembro, já foram os maiores apresentados pela empresa em toda a sua existência, chegando a 1,492 bilhão de reais.

A empresa já começou os esforços para conquistar alunos novos, já apresentando bons resultados com os planos de crescimento orgânico, colaborando para o aumento das matrículas do próximo ano. Duzentos novos polos de EAD ( Ensino à Distância) irão ser abertos ano que vem pela empresa, ampliando ainda mais o número de polos, que no começo do ano irá contar com cerca de 1.300 polos.

Seis novos polos presenciais estão com projetos de captações, sendo que a empresa pretende encerrar o próximo ano, com cerca de 28 novos campi, segundo o diretor.

Carlos Lazar ainda falou sobre projetos de aquisições e fusões, onde o grupo está sempre procurando ativos. Diversas negociações estão sendo realizadas, cada uma apresentando estágios distintos e a prioridade será para o setor de ensino básico.

No mês passado, a empresa anunciou para os seus investidores, que estava visando 16 ativos de escolas premium no mercado, sendo que três já estão em etapas avançadas em suas negociações.

Lazar acrescentou que a empresa também pensa  em novas aquisições no segmento de ensino superior,  principalmente visando ativos de pequeno e médio porte do ensino presencial.

De acordo com o balanço divulgado com os resultados trimestrais, até o final de setembro a empresa apresentava cerca de 937.167 alunos, sendo que 408.593 estão no ensino presencial, e 528.574 estão no EAD.

Em comparação ao total de alunos no mesmo período do ano anterior, o número de alunos está 1,7% menor, devido às evasões e uma quantidade maior de formandos, mas que acabaram compensando as captações.